Notícias

05/11/2018 - Notícias
Brasileiro de Motocross - Jetro Salazar, da Honda Racing, é campeão da MX Elite
por MundoPress / Foto: Idário Café

Fagundes Varela (RS) - O piloto Jetro Salazar, da equipe Honda Racing, é o grande campeão da MX Elite no Brasileiro de Motocross 2018. O título da categoria que reúne os pilotos mais rápidos do campeonato foi confirmado neste neste domingo (4), na oitava e última etapa da temporada, realizada em Fagundes Varela, na Serra Gaúcha. “Estou muito feliz pela conquista e agradeço a Honda Racing, todos da equipe foram fundamentais para esse título”, disse o equatoriano.

Ele fechou o ano com o quarto lugar na etapa final, o suficiente para levantar a taça. Quem venceu a corrida da MX Elite foi o companheiro de equipe Hector Assunção, de São Paulo, que também ganhou a prova da MX1. “Foi um ano muito difícil para mim”, lembrou Salazar. “Tive que superar lesões e diversos desafios durante a temporada, mas hoje coloquei a cereja no bolo”, comemorou. Este é segundo título brasileiro do piloto – em 2016, ele foi campeão por uma equipe satélite Honda. “Eu estreei este ano na equipe oficial e estou muito feliz, com a sensação de dever cumprido. A clima do time é incrível, somos como irmãos.”

O fato da categoria reunir os mais rápidos do certame foi exaltado pelo equatoriano. “A MX Elite é a combinação da MX1 e da MX2, que são as duas categorias mais fortes do campeonato, então o título é muito importante. Agora quero treinar duro para no ano que vem vencer novamente esta categoria e a MX1, além do Arena Cross”, concluiu o piloto. Ele acelera a motocicleta Honda CRF 450R e ainda encerrou as disputas da MX1 no terceiro posto.

Destaque nas corridas da etapa final, Hector Assunção também saiu satisfeito. “Foi um dia perfeito para mim, não teria uma forma melhor de terminar o campeonato. Cresci muito nesta reta final da temporada e consegui fechar com chave de ouro”, declarou. O piloto finalizou a sua participação em quarto lugar nas tabelas da MX1 e da MX Elite.

Pela MX2, Lucas Dunka venceu de ponta a ponta a primeira bateria da etapa final e foi o sexto na segunda corrida, ficando no terceiro posto na soma dos resultados. “Estou muito feliz com meu desempenho, é nessas horas que a gente vê que o todo o trabalho duro realmente compensa”, afimou o catarinense. Ele competiu com a moto Honda CRF 250R. “Este é o meu primeiro ano como piloto profissional e estou gostando muito do trabalho. Continuo em uma evolução muito boa”, concluiu o piloto, terceiro na classificação final de sua categoria.

Leo Souza, também pela MX2, subiu ao pódio nas duas baterias, com um quarto e um segundo lugar, e celebrou a segunda posição nos resultados acumulados. “Estou muito feliz de ter acabado o ano assim. Desde que vim para a Honda Racing consegui obter ótimos resultados, sempre subindo ao pódio”, concluiu o catarinense, quinto colocado da MX2. 

A equipe Honda Racing de Motocross conta com o patrocínio de Honda, Alpinestars, Bell, D.I.D e Mobil.

Resultados - 8ª etapa do Brasileiro de Motocross

MX Elite
1 - Hector Assunção - Honda CRF 450R
2 - Paulo Alberto
3 - Carlos Campano 
4 - Jetro Salazar - Honda CRF 450R
5 - Jean Ramos

MX1

1 - Hector Assunção - Honda CRF 450R
2 - Paulo Alberto
3 - Carlos Campano
4 - Humberto Martin
5 - Thales Vilardi
7 - Jetro Salazar - Honda CRF 450R

MX2
1 - Fábio Santos
2 - Leo Souza - Honda CRF 250R
3 - Lucas Dunka - Honda CRF 250R 
4 - Pepê Bueno
5 - Tallys Nathan

Classificação final

MX Elite
1 - Jetro Salazar - 153 pontos - Honda CRF 450R 
2 - Paulo Alberto - 150 pontos
3 - Carlos Campano - 150 pontos 
4 - Hector Assunção - 111 pontos - Honda CRF 450R 
5 - Humberto Martin - 98 pontos

MX1
1 - Carlos Campano - 336 pontos
2 - Paulo Alberto - 304 pontos
3 - Jetro Salazar - 301 pontos - Honda CRF 450R
4 - Hector Assunção - 270 pontos - Honda CRF 450R
5 - Jean Carlo Ramos - 207 pontos

MX2
1 - Fábio dos Santos - 313 pontos
1 - Pepê Bueno - 307 pontos
3 - Lucas Dunka - 271 pontos - Honda CRF 250R
4 - João Pedro Pinho Ribeiro - 221 pontos 
5 - Leo Souza - 118 pontos - Honda CRF 250R